Top Ad unit 728 × 90


Últimas Notícias

DESTAQUES

Senadora critica Cássio e acusa oposição de golpe: "Tentativa de rasgar a Constituição"

Nesta terça-feira (13), o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), em Plenário, acusou o PT de tentar intimidar os opositores e desqualificar a sociedade brasileira, além de dizer que a presidente da República, Dilma Rousseff, tem como único objetivo manter-se no poder a qualquer custo, depois de aparelhar o Estado e perder qualquer condição de diálogo para governar.



Cássio Cunha Lima ainda destacou que o processo de impeachment estaria dentro da lei e que todos devem ser investigados e punidos de acordo com seus crimes.

Ao responder às acusações do senador paraibano, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) disse ter ficado impressionada com o "contorcionismo verbal" de Cássio ao tentar justificar a ação da oposição em pedir o impeachment, o que provocou discussão entre parlamentares do seu partido e do PSDB.

De acordo com o pronunciamento da senadora, a presidente Dilma não tem proximidade com o presidente da Câmara, e quem articularia com ele seria o PSDB.

"O presidente da Câmara se declarou oposição a esse governo, disse que não fazia mais parte da base e sucessivamente tem dado à oposição espaço e condições para atuar colocando pautas inclusive que são contrárias ao Brasil com o apoio de Vossas excelências. Não procede vossa excelência vir aqui tentar dizer que há uma articulação da presidenta Dilma com o presidente da Câmara, vocês têm é que responder ao Brasil porque pedem o impeachment da presidenta e fecham os olhos com relação as denúncias contra o presidente da Câmara" pontuou Gleisi.

A senadora ainda se referiu às liminares do Supremo Tribunal Federal (STF) que impedem a tramitação dos pedidos de impeachment de Dilma na Câmara dentro do rito que foi definido por Cunha. Para ela, as decisões do STF bloqueiam o que ela chamou de “atalhos na Constituição” para acelerar o processo de impedimento da presidente.

"Essas liminares evidenciaram a articulação golpista da oposição com o presidente da Câmara para burlar o processo constitucional. A oposição está muito nervosa e quis dar um golpe. Não se conforma de a presidenta Dilma ter ganhado legitimamente as eleições e vem tentando um 'terceiro turno'", criticou.

Gleisi ainda acusou a oposição de ter articulado junto com o Tribunal de Contas da União a rejeição das contas de Dilma.

"Houve desrespeito à Constituição Federal sim, porque dentro da lei quem tem que dar início ao processo de impeachment é o presidente da Câmara e ele não está fazendo isso porque não tem moral pra fazer. Vocês forçaram e fizeram uma articulação junto com o Tribunal de Contas da União, fato que nós fizemos uma denúncia na semana passada, para que o Tribunal depois de 80 anos sem ter dado parecer para rejeitar contas de presidentes da República desse parecer para rejeitar as contas da presidenta Dilma. Na manhã seguinte, nem bem o dia nascia estavam na casa do presidente da Câmara para acertar o procedimento de impeachment, que era pra ele não abrir e vocês pedirem no plenário, em recurso, a abertura para ter um ar de pluralidade, mas o Supremo Tribunal Federal não deixou vossas excelências rasgarem a Constituição e hoje duas decisões do Tribunal mandam sustar esse processo e isso só confirma a atitude golpista da oposição" acusou.

Senadora critica Cássio e acusa oposição de golpe: "Tentativa de rasgar a Constituição" Reviewed by OPIPOCO MONTEIRO on terça-feira, outubro 13, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os Direitos Reservados O Pipoco © 2010 - 2015
Powered By xHtml5 and BootStrap 3, Customizado e Otimizado por Siguemir R. Bezerra

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.